Araras versáteis. Prato de anêmonas.
O efebo passou entre as meninas trêfegas.
O rombudo bastão luzia na mornura das calças e do dia.
Ela abriu as coxas de esmalte, louça e umedecida laca
E vergastou a cona com minúsculo açoite.
O moço ajoelhou-se esfuçando-lhe os meios
E uma língua de agulha, de fogo, de molusco
Empapou-se de mel nos refolhos robustos.
Ela gritava um êxtase de gosmas e de lírios
Quando no instante alguém
Numa manobra ágil de jovem marinheiro
Arrancou do efebo as luzidias calças
Suspendeu-lhe o traseiro e aaaaaiiiii...
E gozaram os três entre os pios dos pássaros
Das araras versáteis e das meninas trêfegas.


Hilda Hilst

5 comentários:

  1. fazendo manha disse...

    Oi estou com problemas em meus banners assim
    que eu arrumar volto aqui pra pegar seus banners ok
    ah fiz um outro blog que falo só de min tipo um
    diario se quiser dar uma olhadinha o link
    http://odiariodemanhanhosa.blogspot.com/
    fque a vontade por enquanto
    vou colocar os links de seus blogs no meu ok bjks
    suave seja!!
    bjos..no coração
    .
    .
    Sandrinha  

  2. fazendo manha disse...

    Oi tem presente pra vc lá no meu blog :)
    vá lá buscar:)
    suave seja!!
    bjos...no coração
    .
    .
    Sandrinha  

  3. fazendo manha disse...

    vim buscar seu banner já resolvi o problema dos banners ok :) suave seja!!
    beijos no coração
    .
    .
    Sandrinha
    depois vc me envia pelo email ok bjks  

  4. Hannah e Carlos disse...

    Estavamos com saudades de passar por aqui.
    Mas as vezes o tempo conspira contra os nossos desejos'
    ...
    bjos nossos  

  5. aumentar penis disse...

    Ei gente, vamos comentar as postagens!!! ninguém tá falando nada das postagens! ;)  



Copyright 2006| Blogger Templates by GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by Blogcrowds.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.