Ergueu o corpo num espasmo
Sentindo os dedos que, como guia,

Seu grelo circundava e assim

Conduzia-lhe ao frêmito ansiado


De pentelhos eriçados sentia
Liso e intumescente o pau a
Roçar-lhe as coxas e, entre dentes,
Ardia em desejos e gemidos


Os lábios se entreabriram com a
Língua a forçá-los e a mão arisca
A coçar-lhe a gruta movendo-se
Docemente num sôfrego embalo


E quase desfalecendo ela pedia
Num sussurro breve: “mais depressa!”
Meti-lhe a porra mal segura
E seguimos a noite toda nos comendo!


Patrícia Gomes
Imagem: Via: Amante das Imagens

5 comentários:

  1. o casalqseama* disse...

    hmmmmm,
    deu-nos uma fome!!!

    linda,
    todos os bjs pra ti!

    casalqseama*  

  2. Micaella Soares disse...

    Que delícia ler você minha linda.
    Bjks recheadas de saudades.  

  3. Hannah & Carlos disse...

    ...
    "Deliciante..."
    ...
    Vamos cá esperimentar
    .
    .
    .
    bjos
    Hannah & Carlos  

  4. roberth disse...

    kem me dera te degustar!!!!!!!!  

  5. Rita M. disse...

    lindo  



Copyright 2006| Blogger Templates by GeckoandFly modified and converted to Blogger Beta by Blogcrowds.
No part of the content or the blog may be reproduced without prior written permission.